Como realizar o registro do seu imóvel

Parabéns! Você realizou o sonho da casa própria. Agora é a última etapa: como realizar o registro do seu imóvel.

Comprar a casa própria não é fácil. Por isso, entendemos que seria agradável se a última etapa fosse simples, sem mais complicações. A realidade é um pouco diferente disso. Você deve pagar taxas, enfrentar toda uma burocracia, apresentar diversos documentos que comprovam que a venda da casa em São Gonçalo foi efetuada de forma regular, sem fraudes ou demais problemas.

Não se desanime. Organizamos algumas informações importantes para você entender um pouco melhor sobre esse processo. Após concluí-lo, você será oficialmente dono do seu imóvel.

Cartório de Registro de imóveis – Como realizar o registro do seu imóvel

Como realizar o registro do seu imóvel

Para realizar esta etapa, é necessário que o valor total do imóvel esteja quitado. Somente então o comprador poderá ser registrado como proprietário. O registro será feito no Cartório de Registro de Imóveis. O comprador e o vendedor deverão levar os seguintes documentos:

  • RG e CPF;
  • Certidão de casamento (caso exista);
  • Escritura do imóvel

Você deverá comprovar a lavratura da escritura, ou seja, que o valor do imóvel realmente foi quitado. Para isso, a escritura deverá informar que foram apresentados alguns documentos, como a matrícula do imóvel atualizada, cartela do IPTU ou certidão de valor venal, negativa de débitos do IPTU; guia de recolhimento do ITBI/ITCMD, entre outros. Não há uma listagem definitiva.

É importante que todos os documentos apresentados estejam em bom estado. Legíveis, sem rasuras, com fotografias reconhecíveis e sem marcas do tempo que danifiquem a qualidade da documentação. Caso você necessite de segundas vias, acesse o cartório 24 horas.

Custo – Como realizar o registro do seu imóvel

Como realizar o registro do seu imóvel

Além dos documentos apresentados, você ainda terá gastos adicionais no registro do imóvel. Em primeiro lugar, é necessário pagar o ITBI (Imposto Sobre a transmissão de bens Imóveis) e levar um comprovante de pagamento para o cartório. O valor varia de município para município, mas costuma ser em torno de 2 a 3% do valor venal do imóvel.

Leia também:  Comprar um imóvel ou construir?

O valor venal do imóvel não deve ser confundindo com o valor de venda. Ele refere-se a um valor estimado pelo governo de acordo com a Certidão de Dados Cadastrais do Imóvel. Se o imóvel foi financiado, o custo pode mudar. Após pagar o ITBI, você terá que arcar com a taxa de registro, cujo valor também é variável.

Depois de apresentar os documentos e pagar as taxas, estará feito. Você agora é dono do seu imóvel!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Enter Captcha Here : *

Reload Image